Saiba como lucrar com a costura no mundo PET!

 

Que o mundo PET trás lucro isso é fato. Atualmente o mercado PET no Brasil movimenta 14 bilhões de reais por ano e as famílias gastam, em média, 350 reais por mês com seus animais de companhia. Esses números fazem com que o país seja o segundo maior mercado consumidor de produtos e serviços pet do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

 

Por isso, não perca mais tempo e entre para o comércio de produtos PET!

 

É possível confeccionar lindas roupas para PET, de várias cores, tecidos, formatos e estilos. Afinal, cada cãozinho combina mais com um determinado estilo de roupinha. Os donos de cães e gatos que gostam de vestir seus melhores amigos, costumam comprar gastar com roupinhas para o verão ou inverno, sejam roupinhas bem leves, apenas para deixar o animal mais fofo ainda, ou roupinhas de inverno, que deixam o PET mais quente e confortável, afinal, muitos deles não possuem uma grande ou grossa camada de pelos e com isso, quando a temperatura cai, eles acabam sentindo bastante. Por isso, as roupinhas para PET tornam-se nesse caso, essenciais. Além de deixar os animais mais charmosos e aquecê-los no frio, as roupinhas permitem que eles possam correr e brincar de forma confortável, por isso, é um produto super procurado pelos clientes e fácil de ser vendido.

 

Você encontra revistas de receitas de roupinhas para PET bem fáceis de serem feitas, basta comprar os materiais e seguir a receita passo a passo. Depois de você pegar prática e confeccionar várias roupinhas, pode começar a vendê-las!

 

Converse com seus vizinhos que possuem cachorros ou gatos e veja se eles se interessam em comprar roupinhas para os bichinhos de estimação. Pegue as medidas de cada animal e confeccione roupinhas para cães e gatos de sua rua e com o tempo, de seu bairro. Você pode confeccionar roupinhas para cães pequenos, médios e grandes, com isso cada peça terá seu valor. Verifique a quantidade de materiais que serão utilizados, como tecidos, linhas, botões entre outros. Some o valor do material que você usar, mais o valor de sua mão de obra (valor do seu trabalho), mais a porcentagem de venda, sobre cada produto, assim você chegará a um preço para cobrar o produto. Caso queira simplificar e ter preços fixos, independente da cor ou tecido utilizado, crie valores diferentes para os tamanhos, como PP, P, M, G e GG.

 

Gostou? Então não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e acompanhar nossos posts sempre diferentes e recheados de informações super interessantes para os amantes do mundo da costura. Tudo que você deseja saber sobre costura, temas tradicionais ou novidades, você sempre encontra aqui, no blog Costurebem.

ss-565-maquina-sun-special

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here