Professores 2º Congresso Brasileiro de Tricô

Professores 2º Congresso Brasileiro de Tricô

Professores

Beatriz Medina
Beatriz Medina é programadora visual e tradutora. Aprendeu a tricotar aos 12 anos e nunca mais largou as agulhas. Adora aprender e ensinar técnicas novas e antigas.

 

BK

Brazilian Knitter
Inicia a prática de trabalhos manuais ainda criança. A partir de 2010, após contato com as obras de Elizabeth Zimmermann, passa a conceber o tricô como arte têxtil. Em 2011/2012, produz vídeos em homenagem a grandes personalidades do tricô. Em 2012, é o único brasileiro a participar do Knitting Camp promovido por Meg Swansen. Atualmente, seus trabalhos priorizam o uso de desenhos e cores, por meio de técnicas diversas como o jacquard. Dedica-se também ao estilo escocês conhecido como Fair Isle Knitting.

 

Denise Pereira Azenha
Denise é criadora de ovelhas na Fazenda Caixa Dágua, no interior do Rio Grande do Sul. Aprendeu a mexer com lã e transformá-la em fios artesanais a partir de 2004 para dar aproveitamento à lã produzida pelos rebanhos da fazenda. Lavar, cardar, fiar e tingir artesanalmente fios de pura lã são sua arte desde então. A partir de 2009 passou a produzir fios comercialmente e em 2010 foi lançada a marca Da Fazenda – Fio de Lã Artesanal que hoje é distribuída para todo o Brasil, com fios provenientes de ovelhas das raças Crioula, Merino, Corriedale e outras. Está aprimorando conhecimentos sobre tingimento com corantes naturais para produzir fios de lã pura cada vez mais ecologicamente corretos.

 

india

India O’Hara Sarti

Aprendeu os primeiros pontos com uma tia aos quinze anos. Nunca mais largou das agulhas. Adora aprender e dividir o que sabe. Participa do Tricota Curitiba cujo foco principal é a partilha de novidades e técnicas do tricô. Até hoje se encanta com o que pode sair de dentro de um novelo.

 

 

leo

 

Leonardo Ruivo

Aprendi a tricotar com a mãe de uma grande amiga que me ensinou os primeiros pontos, há mais de 10 anos, e desde então não parei mais. Aprendi muito e ainda aprendo, vendo vídeos, estudando técnicas em livros, principalmente os livros e vídeos da Elizabeth Zimmermann, dividindo informações e experiências com amigos, em listas de discussões e grupos de tricô, há sempre algo novo e interessante a se aprender. Sou curioso e não desisto enquanto não domino uma técnica ou ponto novo, basta dizer que é “complicado” e lá estou eu com fio e agulhas tentando destrinchar o ponto!!! Adoro fazer trabalhos com detalhes elaborados em renda de tricô, intársia e ainda pequenos animais. Além do tricô também gosto de fazer xales, toalhas de mesa e colchas em crochê. Se quiserem conhecer um pouco mais do meu trabalho, eu tenho um blog:http://acheioponto.wordpress.com/ onde podem ver um pouquinho mais do que tenho feito. Obrigado a todos e até breve.

Marusca

Marusca

Nascida em São Paulo / SP, filha de italianos, aprendeu na adolescência a arte do tricô. Trabalhou como secretária executiva até o ano de 2012, quando deixou esta atividade para dedicar-se exclusivamente ao tricô. Gosta de pesquisar sobre origens, construção dos pontos, criação e desenvolvimento de peças diferenciadas. Fez várias peças para estilistas e para revistas. Adora tricotar com agulhas e fios muito finos. Em 2012 participou como palestrante no 1º Seminário de Atualização em Tricô e Crochê e foi professora patrocinada pela Purafibra no 2º Festival de Tricô e Bordado de Campos do Jordão.

Paula Pereira

Paula começou a tricotar em 2007 e desde então tem se dedicado a estudar sobre design e modelagem para tricô, participando de eventos como Vogue Knitting, Interweave Knitting Lab. e 1º Congresso Brasileiro de Tricô. Atuando como designer independente para o peaceknitlove.com, tem lançado seus trabalhos nos sites Ravelry e Craftsy. Paula também ministra workshops sobre design e técnicas de tricô.

Confira a programação aqui.

Conheça os patrocinadores do 2º Congresso aqui.

Faça sua inscrição aqui.

Não sabe como chegar? Encontre sugestões aqui

compartilhe esse post

Fechar Menu