Os principais pontos do croche

Os principais pontos do croche

Gráficos de crochê para imprimir1

Os principais pontos do croche

Para quem está começando a aprender o croché, estes são os principais pontos que se precisa saber, praticar e aperfeiçoar, a fim de que seja possível criar todas as peças e trabalhos em croché com que sempre sonhou. Você também pode consultar revistas especializadas, vídeos no YouTube (lá tem muitos!) ou consultar amigas e parentes que tenham esta atividade a fim de pegar dicas.
Veja abaixo os principais nós e pontos que você deve aprender para dar o pontapé inicial:

Nó corrediço

Este é o ponto de partida para qualquer peça em croché que será desenvolvida. Este ponto se chama um nó e não um ponto. O nó corrediço é feito como uma laçada com nó feita na própria agulha, dando assim o “ponto de partida” para o restante trabalho de croché.

Ponto corrente

O ponto corrente é a base da primeira fila de qualquer trabalho em croché. Para além de criar os alicerces para qualquer peça criada em croché, o ponto corrente também serve para criar espaços entre pontos mais complexos.

Ponto baixo

Uma vez criada a primeira fila de pontos correntes, estes devem ser completados com uma fila de pontos baixos. Extremamente útil, o ponto baixo é maioritariamente utilizado para criar áreas fechadas e sólidas numa peça de croché, mas também é usado como base para pontos abertos.

Ponto alto

Multifacetado e muito prático, o ponto alto não só serve para trabalhar rapidamente uma peça em croché, como é facilmente agrupado em diversos formatos.

Procure sempre aprender mais, vá sempre em busca de novos modelos e formas de fazer uma peça em crochet. Em pouco tempo você estará desenvolvendo grandes projetos. O crochet é um artesanato muito valorizado e há pessoas dispostas a pagar um bom preço por itens em crochet. Que tal começar a pensar neste trabalho como uma nova fonte de renda?

Fonte: Costurar.Com

compartilhe esse post

Fechar Menu