Customizar ou reciclar eis a questão

Customizar ou Reciclar? … Eis a questão!

De todas as práticas desenvolvidas desde os primórdios, podemos destacar a costura como sendo uma que está presente na humanidade há muitos anos e tem se evoluído a partir do aprimoramento de muitas técnicas.

Os primeiros registros de instrumentos usados como agulhas (feitos de ossos e marfim) foi há mais de 30 mil anos. A tecelagem também remete a tempos longínquos: mais de cinco mil anos atrás e começou sendo feita com pelos e couro de animais de caça ou cultivados.

O acesso aos novos métodos e às tecnologias e a busca incessante por uma identidade visual que possa refletir quem você é, qual o seu estilo e qual a sua personalidade, surgem cada vez mais ideais de vestuários que possam atender as demandas de cada consumidor e das suas peculiaridades e que este mesmo consumidor possa renovar o seu guarda-roupa sem precisar comprar roupas novas. Dessa busca surgem a customização e reciclagem.

O que é customização e reciclagem de roupas?

Na verdade, as duas técnicas muito têm em comum e tem as suas definições baseadas em dois conceitos principais: criatividade e originalidade.

Customização é um substantivo feminino que remete para o ato de customizar e significa personalização ou adaptação. Ela consiste em uma modificação de alguma coisa de acordo com preferências ou especificações pessoais.

Assim, customizar é alterar alguma coisa segundo o seu gosto pessoal, o que tem tudo a ver com a moda porque as pessoas gostam de usar roupas diferentes das outras e que de preferência tenham sido modificadas por elas próprias. Neste caso, as customizações mais usuais são feitas em camisetas, shorts e sapatos.

Já a reciclagem é o processo que visa transformar materiais usados em novos produtos com vista a sua reutilização. Por este processo, materiais que seriam destinados ao lixo permanente podem ser reaproveitados.

É um termo que tem sido cada vez mais utilizado como alerta para a importância da preservação dos recursos naturais que também se aplica as roupas, já que aquelas que seriam descartadas passam por um processo de transformação podendo ser convertido em outros objetos totalmente diferentes.

Por que reutilizar roupas reciclando ou customizando?

Há muitas de razões para reciclar suas roupas, sapatos, cintos, bolsas e customizar as outras vestimentas que já estão usadas. Primeiramente, a moda funciona de forma cíclica e sempre traz de volta alguma peça, tendência ou look do passado.

Essa reutilização do que deixou de estar na moda ou do que você está cansado de guardar no guarda-roupa e quer inovar com customizações faz com que diminuam o desperdício e as montanhas de roupas descartadas a cada ano que acabam em montanhas de aterros sanitários. As roupas podem levar centenas de anos para se decompor. Pense nisso!

5 dicas para customizar

  • Cortar as mangas das camisetas mais largas
  • Colar strass nas mangas das blusinhas
  • Pintar os shorts que estão velhos
  • Costurar renda nas bordas dos vestidos
  • Pintar desenhos divertidos nas camisetas

5 dicas para reciclar

  • Capas de almofada feitas com suéteres antigos
  • Bolsas feitas de camisas jeans
  • Calças jeans transformadas em shorts
  • Meias transformadas em ursinhos de pelúcia
  • Acessórios feitos tampinhas de lata de refrigerante

Fontes:

ArtCor

Bolsa de Mulher

SOS Solteiros

 

ss-565-maquina-sun-special

compartilhe esse post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Fechar Menu